15 de jan de 2010



                                                                                    
A bossa é velha
A fossa é nova
O amor é velho
A tristeza é nova
Mas a vida se renova
Deixando a lembrança velha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu digo o que condiz, eu gosto é do estrago.