16 de dez de 2014

Um erro e nada mais

Te vi, mas não te senti
Não me viu, mas já me sentiu
Não te vi e não te senti
Não nos vimos e o fim pressenti
Esse encontro foi um erro e nada mais
O pior é a esperança que sinto em te ver de novo
E dessa vez algo sentir
E dessa vez acertamos juntos
E mais uma vez sentirmos o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu digo o que condiz, eu gosto é do estrago.