20 de jan de 2013

Na bubuia...

Meu Deus, quanto tempo que não escrevo aqui! Praticamente 2 anos! (nooossa, muito tempo!). Eu não sei se isso foi bom ou ruim... aliás, foi bom e ruim ao mesmo tempo. Ruim porque ficar sem escrever aqui deixou um grande vazio, mas foi bom porque agora vou poder extravasar tudo o que vivi e senti nesses 2 anos agora em diante (prometo escrever aqui mais assiduamente). 2013 pra mim começou muito difícil e tumultuado, mas agora tudo está se assentando e a paz está reinando novamente. Antes de tudo, queria agradecer à Deus e à vida, que são táo sábios e perfeitos, pelo ensinamento que me proporcionou nesses momentos difíceis. Porque nada na vida é por acaso: pessoas e acontecimentos chegam até nós por algum motivo muito maior que nós mesmos. Se vivéssemos uma vida até 200 anos não conseguiríamos entender porque este entendimento conquistaremos na eternidade.
Eu percebo que a vida me ensina muito e que nestes últimos tempos eu aprendi muito com as pequenas coisas. Eu estou aprendendo que a vida é repleta de desencontros que não podemos prever ou controlar. Existem pessoas difíceis de conviver, mas devemos ter paciência com elas (uma coisa que eu não tenho muito haha). Estou aprendendo que o amor é simples, mas a gente complica (mas no fundo ele é complicado sim! hahaha). Ainda não aprendi a conviver e aceitar algumas pessoas e a forma como elas exergam a vida e o mundo, mas isso é aos poucos. Me irrito muito fácil com essas pessoas, mas sei que o auto-controle é tudo (só falta colocar em prática).
Enfim, o ano está apenas començando e espero que coisas boas aconteçam pra mim. Não vou fazer pressão, terei paciência e deixarem as coisas fluirem naturalmente sem cobranças e pressa. Porque não vale a pena o estresse mental de querer que aconteça tudo. Muitas coisas não irão acontecer e eu terei que aceitar isso, como também muitas irão acontecer e eu terei que aceitar também. Muitas irão me fazer chorar, outras sorrir e assim a vida segue seu rumo.

ACIMA DE TUDO EU QUERO VIVER CADA SEGUNDO BEEEEEM PAUSADAMENTE! :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu digo o que condiz, eu gosto é do estrago.